Após empate sem gols, Corinthians e Flamengo decidirão título no RJ

Sobraram chances de gol, mas Corinthians e Flamengo não saíram do 0 a 0 na noite desta quarta-feira (12), no primeiro duelo da final da Copa do Brasil, com recorde de público na Neo Química Arena, em São Paulo, com 47032 torcedores. No primeiro tempo, Gabigol quase abriu o placar para os cariocas com menos de um minuto, e o Rubro-Negro ainda teve outras chances, mas o goleiro Cássio salvou o Timão. Do lado paulista, Yuri Alberto desperdiçou duas ótimas oportunidades de marcar, a última delas já nos acréscimos do segundo tempo. A decisão do título segue totalmente aberta para o jogo da volta, na próxima quarta (19), no Maracanã. Se as equipes voltarem a empatar no tempo normal, a decisão do título ocorrerá após cobrança de pênaltis.

O fato inusitado da noite foi a queda de energia de alguns refletores da Arena, aos 43 minutos do segundo tempo. No momento, Vidal cobrava escanteio e David Luiz aproveitou para marcar de cabeça, mas a defesa do Timão sequer se mexeu. Não valeu nada, pois a arbitragem interrompeu o jogo, só retomado seis minutos depois, com o retorno total da iluminação. Um novo escanteio foi batido, mas não resultou em gol para os cariocas. 

Na primeira etapa, com menos de um minuto de bola rolando, Gabigol quase abre o placar, ao receber a bola pela direita, avançar, se livrar da  marcação de Fábrio Santos até soltar uma bomba de canhota que passou rente à trave do goleiro Cássio. A partir daí, os cariocas dominaram a troca de passes na intermediária, com o Timão recuado. Aos 11 minutos, Everton rolou para Pedro que por pouco não acerta um chute de cavadinha, mas a bola passou por cima do gol.

Depois, aos 29 minutos, Pedro tocou para Gabigol chutar, mas Cássio defendeu. A dez minutos do fim, o Timão teve a melhor chance de sair na frente do marcador, após vacilo de Léo Preira, Yuri Alberto partiu em velocidade, se desvencihou de David Luiz, e já estava preparado para chutar ao gol quando foi travado por Thiago Maia. Já nos acréscimos, ainda deu tempo de Gabigol, e depois Thiago Maia, arriscar de fora da área, mas o goleiro Cássio,  atento,  defendeu duas vezes seguidas.

Após o intervalo, a partida foi ainda mais acirrada. O Flamengo enfileirou chances seguidas para fazer o primeiro gol, mas Cássio brilhou com defesas incríveis. A primeira delas aos 11 minutos; após lançamento, Éverton Ribeiro ajeitou para Gabigol chutar com perigo, e Cássio foi na bola. Aos 20, David Luiz mandou uma bomba no travessão, e dois minutos depois, após linda jogada individual, Éverton Ribeiro chutou com perigo, e novamente Cássio fechou o gol corintiano.

Aos 35 minutos, após cruzamento de Mateus Vital para Yuri  Alberto na área, os jogadores do Corinthians reclamaram de pênalti, alegando que a bola havia resvalado no braço de Léo Pereira. Mas, após revisão do lance pelo VAR, a penalidade não foi confirmada. Já nos acréscimos, Yuri Alberto por um triz não garantiu a vitória para os donos da casa. Ele disparou pela direita e desferiu um torpedo, que desviou em David Luiz, antes do goleiro Santos defendê-la. E jogo terminou empatado sem um gol sequer. 



FONTE

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *