Brasil vira contra Japão e pega Itália na semi do Mundial de Vôlei

O Brasil garantiu com garra a classificação para as semifinais do Mundial de Vôlei Feminino ao vencer de virada o Japão, por 3 sets a 2 em duelo das quartas de final, em Apeldoorn (Holanda). Foi um jogo de superação para a equipe comandada por José Roberto Guimarães, que perdeu os primeiros dois sets para as asiáticas. Longe de se abaterem com o placar, as brasileiras foram diminuindo pouco a pouco a vantagem, até selar a vitória suada no tie-break que valeu a classificação. As parciais foram de 18/25, 18/25, 25/22, 27/25 e 15/13.

A adversária na semifinal – na quinta (13), às 15h (horário de Brasília) – será uma velha conhecida da seleção: a Itália, que eliminou mais cedo a China, no outro duelo das quartas, por 3 sets a 1 (25/16, 25/22, 13/25 e 25/17). Embora as brasileiras tenham derrotado as italianas na primeira fase do Mundial, as rivais foram campeãs este ano da Liga das Nações, com vitória em cima da equipe de Zé Roberto.

Na partida de hoje (11), a capitã Gabi foi a melhor em quadra, com 25 pontos, seguida por Carol Gataz (14). Do lado asiático, os destaques foram Haiashi (21) e Yamada.

A seleção brasileira disputa o Mundial com as levantadoras Macris e Roberta, as opostas Kisy e Lorenne, as ponteiras Gabi, Rosamaria, Pri Daroit e Tainara, as centrais Carol, Carol Gattaz, Julia Kudiess e Lorena, as líberos Nyeme e Natinha.

Outro resultados

Nos demais embates das quartas, os Estados Unidos também avançaram às semifinais após despacharem a Turquia por 3 sets a 0 (25/22, 25/15 e 25/20). A seleção norte-americana enfrentará a Sérvia, que se classificou após vitória de virada sobre a Polônia por 3 sets a 2 (21/25, 25.21, 25/19, 24/26 e 16/19).   



FONTE

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *