Conquista da Copa pela Argentina é o clímax do futebol em 2022

Aumente as Vendas pelo WhatsApp ainda HOJE!


O principal capítulo do futebol mundial em 2022 foi justamente o último, a conquista do título da Copa do Catar pela Argentina. Após 36 anos de espera e dois vices dolorosos (1990 e 2014), a equipe albiceleste derrotou a França por 4 a 2 na disputa de pênaltis, após empate de 3 a 3 com a bola rolando, em 18 de dezembro no Estádio de Lusail, na decisão da competição, assegurando o tricampeonato mundial.

Campeã em casa, em 1978, e no México, oito anos depois, a Argentina ergueu a taça do mundo pela primeira vez longe do continente americano. Em 22 edições, esta é a terceira vez que o feito acontece. As anteriores foram em 1958 (Suécia) com o Brasil e em 2014 (Brasil) com a Alemanha.

Assim como em 1986, o título argentino tem um protagonista destacado. Se lá atrás o cara foi Diego Armando Maradona desta vez teria de ser Lionel Messi. Quis o destino que o craque, de 35 anos, na última Copa da carreira, pudesse, enfim, levantar a taça mais cobiçada do planeta. Além de campeão, Messi encerrou a competição como vice-artilheiro (com sete gols) e jogador com mais partidas na história dos Mundiais (26, à frente do alemão Lothar Matthäus).

Mundial de clubes

Entre clubes, o título mundial ficou com o Chelsea (Inglaterra), que superou o Palmeiras por 2 a 1 na prorrogação da grande decisão do Mundial de Clubes da Fifa, que foi disputado em fevereiro em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos).

Esta foi a terceira vez que o time paulista competiu no Mundial. A primeira foi em 1999, quando os brasileiros também ficaram na segunda posição, após caírem diante do Manchester United (Inglaterra). Em 2020 o Alviverde terminou a competição na quarta posição.

Campeões continentais

Se o Palmeiras não foi bem no Mundial entre os homens, na Libertadores feminina as Palestrinas superaram o Boca Juniors por 4 a 1, em outubro em Quito (Equador), para conquistarem o título pela primeira vez.

Entre os homens a conquista continental foi do Flamengo. Graças a um gol de Gabriel Barbosa, o Rubro-Negro da Gávea superou o Athletico-PR por 1 a 0, em outubro no Estádio Monumental de Guayaquil (Equador), para garantir o tricampeonato da competição (1981, 2019 e 2022).

Títulos nacionais

Além disso, o Flamengo mostrou sua força na Copa do Brasil. Também no mês de outubro, mas nove dias antes de conquistar a América do Sul, o Rubro-Negro bateu o Corinthians por 6 a 5 na disputa de pênaltis (após empate de 1 a 1 nos 90 minutos) no estádio do Maracanã para levar o troféu da competição pela quarta vez para casa (após 1990, 2006 e 2013).

Já o Brasileiro masculino terminou nas mãos do Palmeiras, que, em uma temporada histórica, garantiu a conquista de forma antecipada. Este foi o 11º título do Verdão na competição (após as vitórias em 1960, 1967, 1967, 1969, 1972, 1973, 1993, 1994, 2016 e 2018).

Na Série A1 do Campeonato Brasileiro Feminino o título parou nas mãos do Corinthians, que goleou o Internacional por 4 a 1, em setembro na Neo Química Arena, na grande decisão. Esta foi a quarta oportunidade na qual as Brabas do Timão garantiram o troféu da competição.

Fonte:

Aumente as Vendas pelo WhatsApp ainda HOJE!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *