Ligue-se a nós

45

CPI aprova 115 pedidos de informação: de deslocamentos de Bolsonaro a gastos de governos estaduais

Publicado

em

5267e628727c42d30f2c7b3b94d3d50e

A CPI da Pandemia aprovou a convocação dos ex-ministros da Saúde e o atual dirigente da pasta. Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich serão ouvidos na terça-feira (4) e Eduardo Pazuello, na quarta-feira (5). O vice-presidente da CPI, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), destacou que o general terá que responder a muitas perguntas, em especial sobre tratamento precoce e a demora para a compra de vacinas. O senador Marcos Rogério (DEM-RO) minimizou a pressão contra Pazuello. Já o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, serão ouvidos na quinta-feira (6).

Comentarios

Continuar Lendo
Anúncio
Clique para comentar

Mais Lidos