Ligue-se a nós

Esportes

Palmeiras tem rival preferido em semana de aniversário do Allianz Parque – Esportes

Publicado

em

lance-17112021080330068.jpeg


O Palmeiras encara o São Paulo nesta quarta-feira (17), às 20h30 (horário de Brasília) pelo Campeonato Brasileiro, no Allianz Parque em uma semana especial. Na próxima sexta-feira (19), o Alviverde completa sete anos da volta para casa após o período de reforma e o rival tem trazido boas recordações aos palmeirenses desde então.

Ei, você aí… Confira os memes do acesso do Botafogo à Série A do Brasileirão

O Choque-Rei é a partida que mais vezes aconteceu no Allianz no período e será disputado pela décima quarta vez, com ampla superioridade do time da casa. O Palmeiras venceu nove desses confrontos, a maioria com goleadas, empatou duas e saiu derrotado em outras duas ocasiões.

Anúncio

O último encontro, inclusive, aconteceu há exatos três meses, quando os comandados de Abel Ferreira venceram por 3 a 0 e carimbaram a vaga para a semifinal da Copa Libertadores. Posteriormente, o atual campeão da América eliminou o Atlético-MG e agora fará a final continental daqui a dez dias contra o Flamengo, em Montevidéu, no Uruguai.

Veja a tabela completa do Brasileirão

Enquanto o Alviverde se mantém na luta pelo terceiro título da Libertadores e nas primeiras colocações do Brasileiro, vê o rival em crise. Hernán Crespo, então técnico na eliminação, foi substituído por Rogério Ceni. O atual treinador do rival é mais um que não tem boas recordações do Allianz Parque. Nas cinco vezes em que esteve no estádio, duas como goleiro e três como treinador por São Paulo, Fortaleza e Cruzeiro, Ceni saiu derrotado em todos os confrontos.

Além de ser o adversário mais presente no Allianz, o rival paulista é o que mais perdeu e com o maior número de gols sofridos. Foram 27 gols do Palmeiras e média superior a dois por partida. Por outro lado, foram somente sete tentos do São Paulo, com saldo de 20 para os donos da casa.

Anúncio

Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

Com números de respeito no Choque-Rei, o Verdão tem o penúltimo encontro com a torcida antes da decisão da Libertadores e, se fizer o que mais fez contra o rival no estádio nos últimos sete anos, manterá o adversário na parte debaixo da tabela e com risco de rebaixamento a cinco rodadas do fim do Brasileirão.


Fonte: R7

Anúncio

Comentarios

Mais Lidos