Ligue-se a nós

Esportes

Renato Augusto fala sobre força da torcida na Neo Química Arena e diz que o chamavam de louco por ir para um time que brigaria para não cair – Esportes

Publicado

em

lance-21112021182117026.jpeg


Em tarde de atuação de gala de Renato Augusto, o Corinthians se impôs sobre o Santos na Neo Química Arena e dominou a equipe da Baixada do início ao fim do jogo, terminando com vitória do Timão por 2 a 0. O camisa 8 alvinegro falou após o apito final e elogiou a atuação da equipe no clássico, exaltando também a força da Fiel torcida quando atuam dentro de casa.

– Fico feliz pelo jogo da equipe e não só meu, que fez um grande jogo. A gente sabe que aqui dentro da nossa arena a torcida é diferente e a gente acaba jogando com um a mais, mas isso aqui (prêmio de melhor da partida) não é meu, isso aqui é da comissão, de cada jogador.

O meia corinthiano também falou sobre o time ter alcançado o G-4 do Brasileirão e os comentários que escutou quando retornou ao clube esse ano.

Anúncio

– A gente sabe a pressão que sofremos para estar hoje no G-4, não é fácil. Quando eu cheguei aqui, me chamavam de louco, que eu ia para um time que iria brigar para não cair e hoje a gente está no G-4, fruto do trabalho da comissão, de cada jogador e acho que demos um passo importante, mas ainda faltam alguns jogos para poder conquistar o objetivo – afirmou.

Renato Augusto também comentou sobre como a equipe saiu da derrota para o Flamengo na última partida e

– Nem sempre vamos conseguir fazer grandes jogos, a gente fez um jogo muito ruim contra o Flamengo, muito a baixo daquilo que a gente quer, mas é um time em construção contra um time que á estava pronto, que briga pela Libertadores todo ano e a gente teve muita dificuldade. Serviu como aprendizado para podermos crescer e terminar o ano crescendo, para que no ano que vem, a gente possa estar brigando por títulos – completou Renato.

Anúncio


Fonte: R7

Comentarios

Mais Lidos