Ligue-se a nós

Rio de Janeiro

Rio aplica 3ª dose em mulheres a partir de 61 anos. Veja mais capitais – Notícias

Publicado

em

vacinacao-df-10112021115443350.jpeg

A vacinação contra a Covid-19 avança no país, e as capitais imunizam novas faixas etárias nesta quinta-feira (11).

No Rio de Janeiro, a prefeitura oferece a dose de reforço a mulheres com 61 anos ou mais, bem como a profissionais da saúde que concluíram a imunização até maio e imunossuprimidos com 12 anos ou mais.

Confira como será a vacinação contra a Covid-19 nas capitais brasileiras nesta quinta (11):

Anúncio

São Paulo

Em São Paulo, idosos com mais de 60 anos, profissionais da saúde maiores de idade e imunossuprimidos, que são pacientes que têm HIV ou pessoas que passaram por algum transplante, estão elegíveis para receber a terceira dose do imunizante.

Os funcionários públicos que trabalham na GCM (Guarda Civil Municipal), sepultadores ou fiscais das subprefeituras também podem procurar as unidades de saúde para receber o reforço.

Anúncio

Para idosos, trabalhadores da saúde e funcionários públicos receberem a dose adicional é necessário que tenham completado o esquema vacinal (com a segunda dose ou a dose única) há pelo menos seis meses. Já para os imunossuprimidos o intervalo é de 28 dias entre a segunda e a terceira dose.

Os adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades podem se vacinar com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. A segunda dose está disponível para os públicos elegíveis. Saiba mais no Vacina Sampa.

Rio de Janeiro

Anúncio

O Rio de Janeiro antecipou a segunda dose da Pfizer para adolescentes a partir de 16 anos. A cidade também aplicará a terceira dose em mulheres a partir de 61 anos, profissionais da saúde que concluíram a imunização até maio e imunossuprimidos com 12 anos ou mais cuja vacinação foi concluída há pelo menos 28 dias.

A capital fluminense continua aplicando a segunda dose nos públicos elegíveis, bem como a primeira em maiores de 12 anos que ainda não foram imunizados. Veja no site da prefeitura

Goiânia

A prefeitura de Goiânia aplica a primeira dose em adolescentes de 12 a 17 anos, bem como na população acima de 18 anos que ainda não se vacinou.

A segunda dose da AstraZeneca e da Pfizer será aplicada nas pessoas que receberam a primeira há oito semanas (até o dia 16 de setembro) e a da CoronaVac naquelas com data marcada para 10 de novembro ou em atraso.

A terceira dose será oferecida a idosos acima dos 60 anos e a trabalhadores da saúde com seis meses de intervalo da segunda dose ou dose única (até 11 de maio), bem como a imunossuprimidos com 18 anos ou mais que receberam a segunda dose há pelo menos 28 dias (até 15 de outubro). Saiba mais neste link.

Anúncio

Belo Horizonte

A prefeitura de Belo Horizonte vai aplicar a terceira dose em idosos de 65 anos que tenham completado o esquema vacinal há seis meses, ou que faltem até 15 dias para concluí-lo.

É necessário levar o cartão de vacina, documento de identidade, CPF e comprovante de residência na capital mineira. Veja mais neste link.

Anúncio

João Pessoa

A prefeitura de João Pessoa vacina com a primeira dose os adolescentes a partir de 12 anos e oferece a segunda àqueles que tomaram a CoronaVac há mais de 28 dias ou a da Pfizer ou AstraZeneca há três meses ou mais.

A dose de reforço será oferecida a idosos, trabalhadores da saúde e pessoas com imunossupressão. Saiba mais clicando aqui.

Anúncio

Porto Alegre

A prefeitura de Porto Alegre vai vacinar com a primeira dose todas as pessoas com 12 anos ou mais, além de oferecer a segunda dose aos seus respectivos públicos elegíveis. Quem recebeu a CoronaVac até 14 de outubro já pode ir aos postos, bem como aqueles que receberam a Pfizer ou AstraZeneca até 16 de setembro.

A terceira dose será destinada a trabalhadores da saúde e idosos a partir dos 60 anos que receberam a segunda até 11 de maio e a imunossuprimidos com esquema vacinal completo até 14 de outubro. Veja os locais de vacinação neste link.

Anúncio

Salvador

Salvador vacinará com a primeira dose adolescentes a partir dos 12 anos, gestantes e puérperas e fará repescagem de pessoas com 18 anos ou mais. A segunda dose e a de reforço também serão aplicadas.

Veja os públicos da terceira dose:

– idosos com a segunda dose recebida até 10 de junho de 2021;

Anúncio

– imunossuprimidos com a segunda dose recebida até 7 de outubro de 2021; e

– trabalhadores da saúde com a segunda dose recebida até 10 de junho de 2021. 

Florianópolis

Os pontos abrirão das 9h às 16h para todos os grupos, com a primeira dose direcionada a adolescentes a partir dos 12 anos. A segunda e a terceira dose também são oferecidas, com a aplicação de reforço reservada a idosos, imunossuprimidos e profissionais e trabalhadores da saúde.

Anúncio

Fonte: R7

Anúncio

Comentarios

Mais Lidos